quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Os TOP 12 Personagens de jogos de RPG


Existem milhares de jogos de RPG. Cada um com uma história diferente e com 40, 70 ou até 90 horas de jogo do começo ao fim. É, verdadeiramente, impossível jogar todos eles.

E, apesar de serem todos diferentes, muitos elementos encontrados em um RPG são iguais em algum outro. Isso é especialmente quando o assunto são os personagens. Apesar de diferentes, os conceitos permanecem os mesmos.

Segue abaixo uma lista dos personagens mais comuns encontrados em jogos de RPG:

1 – A Jovem Promessa: Você é uma criança (por que personagens de RPG geralmente têm entre 10 a 15 anos) jovem e inexperiente, mas todos botam fé em você. Isso se deve ao fato de você ser filho/filha de algum guerreiro ou mago ou aventureiro lendário que salvou o mundo há muitos anos atrás

Geralmente, você vive nas sombras do talento de seu pai e se vê forçado a seguir a mesma carreira (para superar o sucesso de seu pai, aparentemente). Além disso, você é jogado em uma aventura para salvar o mundo e lutar conta a MESMA ameaça que seu pai já enfrentou.

Exemplos: Tidus (Final Fantasy X) e o Personagem Principal de Dragon Quest Swords


2- Bom Samaritano: Você é uma pessoa boa e entrou nessa para fazer o bem e ajudar as pessoas. Você se coloca na linha de fogo diversas vezes, só para proteger as outras pessoas (mesmo quando essas pessoas não te entendem e acabam te prendendo, atacando ou fazendo qualquer outra coisa que atrapalhe sua jornada).

Seu único objetivo é salvar o mundo ou fazer dele um lugar melhor para as pessoas viverem em paz e harmonia. No geral, isso envolve salvar alguma(s) donzela(s) indefesa(s) várias e várias vezes durante sua aventura.

Exemplos: Lloyd Irving (Tales of Symphonia) e Crono (Chrono Trigger)


3- O Forasteiro: Puxado (de uma forma ou de outra) para um mundo exótico e desconhecido, você é obrigado a se aventurar por ele. Às vezes você faz isso para achar uma forma de voltar para casa, salvar alguém que ama, resolver um mistério ou salvar o mundo.

De uma forma ou de outra, cabe a você explorar esse mundo e enfrentar as criaturas hostis que se encontram por lá.

Exemplos: Sora (Kingdom Hearts) e Yosuke (Persona 4).


4- O Anti Herói: Um rebelde de coração mole (mas que tem um problema em admiti-lo), você tem fama de ser malvado e se esforça para manter essa fachada, mas quando alguém está em risco, você é o primeiro a correr pro perigo para salvá-lo (resmungando ao fazê-lo).

Você não fala muito, é antipático e quebra o estereótipo do herói bonzinho que quer salvar o mundo. Você só quer ser deixado em paz, mas também procura fazer a coisa certa.

Exemplos: Yuri (da séria Shadow Hearts) e Wolverine.


5- O Meio-Animal: Seja por uma maldição, uma magia que deu errado ou por que essa é, simplesmente, a sua aparência, você é uma mistura de homem com algum tipo de animal.

Você enfrenta preconceito em uma base diária. Se você sofreu uma maldição, as pessoas te estranham e atravessam a rua para evitar cruzar com você. Caso essa seja sua aparência normal, sua raça não será bem aceita entre os humanos, o que dá no mesmo. Além disso, suas chances de ser um personagem principal é quase nula.

Exemplos: Frog (Chrono Trigger), Teddie (Persona 4) e Kimahri (Final Fantasy X)


6- O Animal: Você é um animal. Talvez um cachorro, um lobo ou um gato. Você não fala, mas isso não importa para o seu dono que sempre entende tudo o que você quer dizer. Seus ataques se limitam a garradas ou mordidas (que, por sinal, são tão fortes quanto qualquer espada, arco ou espingarda).

Exemplos: Blanca (Shadow Hearts 2), Koromaru (Persona 3) e Volthe (Tales of Symphonia)


7- Summoner: Você tem o incrível poder de invocar criaturas para lutar por você, te proteger ou soltar magias que lhe auxiliem no combate. Muitas vezes você pode até participar do combate, mas deixa o trabalho sujo para as pobres criaturinhas que você invoca.

Sua escolha de armas pode ser variada, mas você é obrigado à andar com bolas, frascos, cartas ou qualquer outros itens onde você “guarda” as criaturas, só as libertando quando precisa deles em combate.

Exemplo: Ash (Pokémon), qualquer outro personagem principal de Pokémon, Yuna (Final Fantasy X) e The Bard (The Bard’s Tale)


8- O Órfão: Você não tem pai nem mãe. Eles morreram quando você era muito pequeno e você acabou sob os cuidados de algum tio, amigo da família. Isso quando não acabou tendo que se virar sozinho.

Opcionalmente, seus pais podem não ter morrido, mas terem te abandonado para embarcar em uma grande jornada que decidiria o destino do mundo. (E provavelmente morreram nessa jornada, o que teria dado no mesmo).

Exemplos: Tidus (Final Fantasy X) e Lloyd Irving (Tales of Symphonia)


9- O Fodão: Como o nome já diz, você é o fodão. É um aventureiro conhecido, um mercenário contratado ou um mago poderoso. Você está muitos anos e níveis a frente de seus outros companheiros de grupo e é, aparentemente, indestrutível.

Sua tarefa é proteger e guiar o personagem principal, ajudando-o à superar qualquer dificuldades que ele possa encontrar no meio do caminho. A exceção é quando você é o personagem principal. Nessa caso você não tem que proteger, guiar ou dar satisfação a ninguém!

Exemplos: Auron (Final Fantasy X) e Kratos (Tales of Symphonia)


10- O Interesse Romântico: O nome também já diz. Você é o interesse romântico do personagem principal. Você tem que ser bonita e frágil. Soltar magia é opcional. Você não precisa saber fazer nada em combate, pois todos sabemos que você está lá só para o personagem principal ter com quem se agarrar no final do jogo.

Exemplos: Yuna (Final Fantasy X), Alice (Shadow Hearts), Kairi (Kingdom Hearts) e Colette (Tales of Symphonia)


11- O Amigo de Infância: Você conhece o personagem principal desde pequenininho. Vocês são melhores amigos e fariam tudo um pelo outro. Existe um laço de confiança e amizade entre os dois que jamais será quebrado (por mais que os demônios infernais tentem fazê-lo).

Exemplos: Riku (Kingdom Hearts) e Genis (Tales of Symphonia)


12- O Mercenário: Você trabalha por dinheiro. Não se importa muito com o certo ou o errado e procura estar do lado daqueles que lhe oferecerem mais dinheiro. Deixe que os heróis salvem o mundo e, se eles te pagarem bem, você pode até ajudar. Você é decidido e frio. Treina muitas horas por dia e não se apega a ninguém. Afinal, você é apenas um cara sendo pago para fazer um trabalho.

Exemplos: Kratos (Tales of Symphonia) e Ike (Fire Emblem: Radiant Dawn)

4 comentários:

Anônimo disse...

Adorei o site concerteza tem lugar no meus favoritos !!!!!


Vlw

desconhecida disse...

muito interessante estou louca para começar a jogar vai ser sinistro

Anônimo disse...

eu vi na novela rebelde esse
jogo aí resolvi brincar no colégio mas precisava saber os personagens , o mapa , espero que seja divertido.

Anônimo disse...

tb vir esse jogo na novela rebelde mais descubrir que meus pais jogavam e por isso ñ deixavam eu assistir a novela mais como eu descubrir sou obrigada a jogar na escola e muito legal mais o meu mestre e o meu namo e ele quer que eu seja a princesa mais eu ñ quero o que faço?